Ter uma boa frota de veículos, com uma boa gestão, é fundamental para que tudo funcione com qualidade e haja o mínimo de interferências possíveis no serviço de transporte.

Mas nem sempre ter uma boa gestão é sinal de que problemas não vão ocorrer. Alguns acidentes são muito comuns enquanto há a prestação de serviços e muitos deles são evitáveis ao tomar alguns cuidados.

As frotas são uma parte extremamente importante para o processo produtivo e isso significa que mantê-las necessitam de muita energia e esforço para que todas as atividades estejam dentro do controle. Abaixo, listamos alguns dos maiores problemas enfrentados pelas empresas que acabam comprometendo o trabalho seja por um curto ou longo período. Veja só.

Quais os principais problemas de uma frota de veículos?

No dia a dia de uma empresa, acidentes e imprevistos são passíveis de ocorrer. Esses por sua vez podem ter pouca ou muita gravidade dependendo de como eles acontecem. 

Nesse contexto é possível se precaver e tomar medidas para que falhas não ocorram ao longo do caminho. Dentre as causas dos acidentes, podemos determinar duas coisas. Ou elas são causadas por fatores humanos, ou por conta das condições de terceiros como cuidado do veículo, estradas e outros motoristas.

O fator humano é o responsável por 90% dos acidentes que acontecem no mundo. Dentre os principais tipos de acidente, podemos listar:

1. Colisão no mesmo sentido ou transversal

Esse tipo de acidente é causado quando o veículo bate em outro, seja de frente ou de lado. É um tipo de acidente muito perigoso para os dois lados envolvidos, pois dependendo da força do veículo na hora e de como o carro ficou, esse tipo de acidente pode ser fatal.

Os motivos para que ele possa acontecer são diversos. Falta de atenção, falta de habilidade necessária no trânsito, perda de controle do veículo, imprevistos na pista, falta de sinalização, falha no veículo, etc. É necessário se manter atento, principalmente em pistas longas ou com muitas curvas.

2. Saída de pista

Um tipo de acidente comum também é a saída de pista, quando o indivíduo em posse do veículo perde o controle do mesmo e acaba indo para a direção oposta. Então, esse tipo de acidente pode se tornar bastante perigoso dependendo da onde ele acontecer.

Se o veículo sai de uma pista para outra, o risco de batida é muito grande. Se ele sai da pista para uma área de gramado, pode correr o risco de capotar ou então de bater com o carro em árvores, postes, ou qualquer outro item que esteja à frente.

A saída da pista pode ser provocada por algum tipo de falha no sistema do veículo ou por algum imprevisto no meio da pista que tenha obrigado o motorista a desviar. É necessário muita atenção para que esse acidente não aconteça.

3. Batida por cansaço

cançaso extremo que leve o motorista ao sono à frente do volante é uma das principais causas de acidente

Um dos maiores problemas com trabalhadores de frotas, principalmente os que trabalham a noite, é ter que lidar com o cansaço. O sono é o maior inimigo do trânsito e pode levar a pessoa que dirige a sofrer um acidente só com ela ou envolvendo terceiros também.

Esse é um tipo de problema controlável. Basta que o trabalhador tire um tempo para descansar e não colocar a sua vida e a vida de outras pessoas em risco. Mas sabemos que nem sempre o descanso é possível e que o trabalho às vezes precisa ser finalizado dentro de um período de tempo.

Por isso, algumas ferramentas vieram para ajudar os motoristas no trânsito a não passarem por essa situação. Por exemplo, a empresa GETTER.AI desenvolveu um produto chamado GETTER DRIVING.

Este item é capaz de fazer a leitura facial do motorista e dizer se ele está se sentindo irritado, estressado, feliz ou com sono. A ferramenta é capaz de identificar o comportamento dos olhos e da boca para determinar se o motorista está sonolento.

Caso o condutor esteja com esses sinais específicos, um alerta sonoro é ativado e o responsável é notificado quando o limite do tolerável é ultrapassado. Essa ferramenta tem como foco diminuir os riscos de acidente de trânsito, preservar a vida do condutor e também de aumentar a inteligência na gestão integrada da frota.

É um sistema muito útil que tem sido implementado na rotina de diversos trabalhadores e fazendo com que eles consigam manter uma atenção maior na estrada.

4. Tombamento

Um tipo muito comum de acidente em pista, principalmente com veículos de grande porte, é o tombamento. Ele pode ser ocasionado por diversos motivos. Em geral, acontecem por conta do peso elevado que esses veículos transportam.

Havendo uma combinação de alta velocidade, isso pode se tornar algo muito perigoso. Paradas bruscas e derrapamento também são uma das causas de tombamento na pista. É fundamental então que os veículos de grande porte tenham atenção e evitem:

  • Cargas pesadas em excesso;
  • Alta velocidade;
  • Evitar pistas escorregadias.

5. Acidentes por alta velocidade

Esse tipo de sinistro pode gerar diversos outros problemas com os bens da empresa e de terceiros. É um dos mais perigosos de acontecer e também coloca a vida de pessoas em risco. A alta velocidade pode causar saída de pista, batidas em veículos da frente, capotamento, engavetamento, atropelamento, dentre outros infortúnios.

A falta de controle de um veículo em alta velocidade é muito grande, por isso, é necessário prudência para que se possa garantir que esse tipo de ocorrência não aconteça. Acidentes podem ser evitados se as normas forem cumpridas e se as fiscalizações acontecem de maneira correta.

Conclusão

Por fim, vimos aqui alguns dos principais acidentes que podem acontecer com frota de veículos e como isso pode ser impedido ao seguir algumas medidas de cuidado.

O trânsito é algo que gera bastante preocupação. Por isso, os cuidados devem ser redobrados, não só por sua direção, mas prestando atenção também na direção ao redor. Conte com a GETTER DRIVING  para solucionar problemas como esses e te ajudar a ter uma melhor gestão de frotas.

Gostou deste conteúdo? Então deixe seu comentário e compartilhe-o com mais pessoas para alertá-las.

Categorias

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *