Você já ouviu alguma vez sobre o gemba walk? Se nunca ouviu falar, explicaremos para você sobre o que se trata isso. Esta, é uma prática que consiste em fazer a observação de processos e entender como o trabalho acontece.

Ao saber usar a estratégia de forma certa, é possível obter uma série de benefícios. O foco principal do gemba é poder gerar uma oportunidade de captar tópicos e preocupações que possam ter relações com a eficiência do desempenho de seu time.

Se você tem curiosidade então sobre o assunto e quer saber mais a respeito, continue lendo este conteúdo.

O que é o indicador Gemba?

O gemba walk é um conceito que tem origem japonesa  que incentiva os gestores a visitarem as áreas onde ocorrem as atividades que geram valor na empresa.

Todos os dias, os gestores precisam lidar com situações a serem resolvidas. Geralmente, para que se possa solucionar essas questões, o gestor vai até sua sala pensar sobre ela.

Porém, ao longo dos tempos, essa é uma atitude que pode gerar um hábito prejudicial dentro da organização. Por isso, o Gemba veio à tona para que se pudesse ver uma melhora contínua dentro da empresa.

Dentro do Lean Manufacturing, esse termo é bastante conhecido. O conceito é uma palavra japonesa que significa “o lugar real”. E pensando dessa maneira, o executivo da Toyota Taiichi Ohno criou o conceito “gemba walk”.

O objetivo deste conceito era entender melhor o fluxo de valor e saber identificar as chances de melhoria que uma organização poderia ter.

Então, dessa maneira, o gestor vai até o local onde as atividades rolam para que o Gemba estimule sua visita de chão-de-fábrica para que se observe, entenda e analise as operações a fim de propor melhorias no processo de produtividade.

Quais os benefícios e como funciona o gemba walk?

Dentre os benefícios que se pode colher do Gemba, podemos citar os seguintes:

  • Clareza nos processos;
  • Resolução de problemas;
  • Networking entre os colaboradores;
  • Evita desperdícios;
  • Identifica as oportunidades;
  • Gera uma melhora contínua.

O funcionamento desse sistema é bem simples. O gestor vai observar as máquinas, os equipamentos usados e como os colaboradores têm se envolvido nas operações.

Durante a visita, o gestor realizará anotações daquilo que foi observado e irá coletar dados. Se necessário, conversará com os operadores para entender melhor o processo, as dificuldades e o que pode ser melhorado.

Como aplicar o Gemba?

Agora que você conhece o conceito e para que serve o Gemba Walk, é hora de saber como você pode aplicá-lo dentro da empresa. Em 5 passos você consegue realizar isso, são eles:

1. Definição de local e tema

A tradução para Gemba é “lugar real”. Portanto, a primeira coisa que você deve fazer para implementar a técnica é definir o local que ele será aplicado.

É impossível realizar uma boa avaliação de todos os setores de uma vez só. Por esse motivo, acaba se tornando necessário que o gestor escolha os ambientes que mais precisam de avaliação antes que ele comece a caminhada.

Além disso tudo, é fundamental que ele faça a definição dos objetivos a serem tratados. Ou seja, tudo aquilo que o gestor quer ver durante sua visita de observação.

2. Preparo de equipe

A equipe de produção precisa de acompanhamento a respeito das constantes mudanças e otimizações propostas

A segunda coisa para o Gemba Walk é preparar a sua equipe. O setor deve saber o motivo pelo qual a visita do gestor vai acontecer e qual o propósito por trás dela.

É fundamental realizar essa etapa pois muitos colaboradores podem considerar que a observação que está sendo feita é algum tipo de avaliação pessoal, o que pode interferir um pouco no propósito do gestor para saber mais coisas da equipe em relação ao motivo que o leva lá.

Com a equipe estando avisada, todos ficam mais relaxados e a etapa de observação pode ser algo que gera mais produtividade.

3. Avalie os processos

avalie, anote e acompanhe o processo do gemba constantemente

A avaliação do processo em si será o momento em que o gestor poderá compreender como as etapas estão sendo conduzidas e se há o respeito nos processos.

Em caso de não ter o conhecimento técnico necessário para avaliar a área, é importante poder contar com pessoas que entendam para acompanhar o gestor nessa inspeção.

4. Anote

O Gemba Walk é um processo visual. Portanto, para que nada se perca no caminho, é importante fazer anotações de cada um dos aspectos percebidos ao longo do caminho.

É importante que o trabalho visual aconteça primeiro para que só depois o diálogo e as entrevistas aconteçam. A observação é parte crucial e não se distrair nessas horas é importante.

Quando for a hora de questionar, sempre mantenha as perguntas em aberto para que haja o questionamento sobre o motivo de uma tarefa estar sendo feita de tal maneira, tudo para que se entenda a visão do colaborador.

Não julgar é parte importante do processo. Como gestor, você está lá para poder ouvir e compreender o que se passa para que processos de melhoria possam acontecer em outros momentos.

5. Compartilhe os resultados

Por fim, após colocar em prática esses resultados acima, é essencial que você compartilhe os resultados das observações com sua equipe.

É mais interessante compartilhar essa parte do processo do Gemba no fim, pois você entrega uma visão geral sobre tudo depois de avaliar suas anotações.

É importante que essa parte ocorra para que a equipe consiga entender aquilo que está fazendo do jeito certo e o que pode fazer para que haja uma melhora.

Conclusão

Colocar o Gemba Walk em ação é importante para você que quer entender quais são os principais problemas que acontecem dentro das operações de sua empresa.

O método gera uma capacidade de investigar como cada processo funciona e verificar se eles estão de acordo com aquilo que foi planejado para acontecer no dia a dia.

Com ele, o gestor sai da teoria e vai direto para a prática com soluções que serão realmente viáveis e eficazes. Há muito o que se discutir e aprender sobre esta prática.

A GETTER Amplified Industry dispõe de ferramentas de transformação digital capazes de trazer a melhora contínua para sua fábrica! Que tal entrar em contato conosco agora mesmo?

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *