A indústria 4.0 é a nova cara do setor industrial. Ao longo dos anos, diversos avanços aconteceram e várias mudanças puderam ser implementadas nas indústrias a fim de que os modelos de produção pudessem se tornar mais eficientes e menos burocráticos.

A quarta revolução industrial traz consigo um sistema amplo de tecnologias avançadas que a permite ter muito mais otimização de tarefas.

Nessa nova era, a inteligência artificial, robótica, internet das coisas e a computação em armazenamento em nuvem são um dos itens mais usados, sendo estes, os que mais trazem mudanças no modo de produzir e nos modelos de negócio.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo.

O que é a indústria 4.0?

Podemos dizer que a indústria 4.0 é um conceito que é representado pela automatização da indústria e a integração de diversas tecnologias dentro dela.

Dessa forma, pode-se promover a digitalização das atividades da indústria e fazer com que os processos tenham alguma melhora na produtividade.

Tudo isso só é possível porque as fábricas têm usado máquinas capazes de trabalhar de forma automática e de usar computadores para facilitar os processos. Podemos definir esse período como um período de inovação, eficiência e customização.

O impacto que essa quarta revolução industrial tem é muito significativo, principalmente na questão de produtividade, pois a eficiência no uso dos recursos é muito maior.

Além disso, ela possibilita que produtos em larga escala sejam desenvolvidos com máxima qualidade e que sejam integrados em todo país em cadeias globais de valor.

A maior diferença entre esse novo modelo de indústria, para os modelos tradicionais é que a indústria 4.0 representa todos os avanços pelos quais a sociedade está passando.

Podemos observar aqui o maior nível já alcançado de automatização industrial e um visível crescimento não só de eficiência, como também de produção.

Quais são as principais tecnologias da indústria 4.0?

Existem diversos tipos de tecnologia que fazem com que a indústria 4.0 possa acontecer. A robótica avançada e o sistema de conexão das máquinas permitem que haja uma conversa nas operações industriais.

Isso acaba fazendo com que as informações circulem e que haja conexão em várias etapas na cadeia de valor, de desenvolvimento de novos produtos, de projetos, produção e o pós-venda.

Alguns exemplos de automações cruciais dentro da indústria são:

1. Inteligência artificial

Aplica-se a inteligência artificial em análises avançadas e em técnicas que se baseiam na lógica. São cruciais para o desenvolvimento de machine learning, para interpretação de eventos, análise de tendências e comportamentos de sistemas, além de apoiar e automatizar as decisões e realizar ações.

Já conhece os produtos para indústria da GETTER AMPLIFIED INDUSTRY?

2. Computação em nuvem

A computação em nuvem serve para diversos serviços de computação. Armazenam informações, realizam bancos de dados, redes, softwares, dentre outras coisas.

Tudo isso se utilizando da internet e da memória armazenada em rede. Dessa forma, se torna possível gerar recursos flexíveis e uma economia em grande escala.

O armazenamento em nuvem permite que as indústrias acessem recursos computacionais em abundância como um serviço e em vários dispositivos remotos, sem ter a necessidade de estar fisicamente presente no local.

3. Big data

big data ajuda na tomada de decições importantes em fábricas

As indústrias utilizam o big data para dados que tenham uma complexidade e variedade maior. Ele é usado de forma mais intensa para resolução de problemas de um negócio.

O big data geralmente fica encarregado dos conjuntos de dados volumosos dos quais os softwares comuns não são capazes de processar.

Assim, eles fazem a extração das informações mais relevantes aos negócios de forma detalhada e clara.

4. Internet das coisas

A IoT é uma conexão existente dos dispositivos à internet. Dentro de uma fábrica, ela se refere a conexão de máquinas e ferramentas da linha de produção para que façam o envio de dados precisos em tempo real.

Isso faz com que os gestores possam ter em mãos dados importantes e de extrema relevância que os permitem direcionar os processos produtivos à uma maior eficiência.

5. Análise de dados

análise de dados permite que se aumente a produção e que se diminua desperdícios

Tendo uma variedade de tecnologias presentes na indústria e com o tanto de dispositivos conectados à internet, quase todas as operações acabam gerando uma certa quantia de dados a serem analisados.

São milhares de informações que podem ser usadas para que previsões futuras sejam feitas para garantir um caminho mais assertivo no sucesso da fábrica.

A análise de dados faz o tratamento de todas as informações que as máquinas geraram para que os gestores possam compreender o que aquilo quer dizer e implementar melhorias.

LEIA TAMBÉM: Você sabe o que significa Data Driven?

É possível transformar uma indústria tradicional em uma indústria 4.0?

Por incrível que pareça, existem muitas indústrias que ainda não são adeptas da transformação digital e fazem os trabalhos de forma manual ou pouco otimizada.

Isso pode estar fazendo com que diversos prejuízos acabem sendo gerados e que haja uma perda de eficiência e de produção. Mas esse cenário pode mudar.

É possível que fábricas tradicionais adotem o modelo 4.0. Ao inserir sistemas integrados com a internet das coisas, e fazer com que uma fábrica se torne inteligente.

Aos poucos se torna viável ir inserindo sistemas inteligentes integrados com as máquinas e com a gestão, tornando os processos unificados e mais produtivos com um desperdício quase nulo.

Quando máquinas se conectam digitalmente umas com as outras e criam e compartilham informações, o resultado é uma indústria 4.0 completamente focada em aumentar os lucros e produtividade.

Então, se você está em busca de sistemas tecnológicos para fábrica, você pode conseguir o que procura com a GETTER AI. Nossa empresa pode te auxiliar em questões como:

  • Big data;
  • Controle;
  • Business intelligence.

Qualquer empresa pode contar com nossos serviços. Para saber mais e tirar dúvidas, entre em contato com nosso time de especialistas e saiba melhor como cada item pode te auxiliar nessa jornada de automação.

Conclusão

Por fim, vimos aqui um pouco sobre como é a indústria 4.0, como ela se destaca dos outros modelos de indústria e o motivo pelo qual a aderência a ela é crucial para avançar e se destacar frente à concorrência.

Se manter atualizado e a frente das novidades tecnológicas permite que os empreendimentos cresçam e que suas demandas aumentem sem que haja perda de qualidade.

Sendo assim, entre em contato com a GETTER para que você possa dar os primeiros passos rumo à tecnologia.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *